domingo, 29 de julho de 2007

ARTE E SOCIEDADE

Acompanhando as transformações sofridas pelas artes, notaremos as seguintes mudanças: fazer artístico (escolas de arte ou estilos artísticos). Estas mudanças concernem à concepção do objeto artístico, relações entre matéria e forma, técnicas, relações e o público, etc.
De outro lado concernem à determinação social da atividade artística, isto é, as mudanças não dependem apenas de uma história dos procedimentos artísticos mas sim da inserção das artes na vida social.
A arte é socialmente determinada: pela finalidade social das obras; pelo lugar ocupado pelo artista e pelas condições de recepção da obra de arte.
A discussão sobre a relação arte-sociedade levou a duas atitudes filosóficas opostas: a arte só é arte se for pura; "arte engajada", a qual o artista toma posição diante da sociedade lutando para transformá-la e melhorá-la, para conscientizar as pessoas sobre as injustiças e as opressões do presente.
A primeira concepção desemboca no formalismo (perfeição da forma quanto conta e não oconteúdo), a segunda no conteúdismo (é a mensagem quando conta, mesmo quando a forma seja precária).

Um comentário:

sane disse...

esse conteudo e muito bom mesmo